terça-feira, 17 de junho de 2008

Sinta a energia!!! 100wtz RAVE!

*Queria pedir desculpa pela demora xD... Tirei férias e nem avisei UAHAUHAUHAUAA... MAS VAMOS QUE VAMOS!!!

Julgar sem conhecer! Isso é o que a maioria de nos fazermos mesmo que “sem querer”!

Quem não já ouviu falar que SE FOR PARA A RAVE É DROGADO!!! SÓ AGUENTA DANÇAR TANTAS HORAS QUEM USA DROGAS!! Verdade ou conseqüência? Nenhum dos dois é mentira mesma xD!

Vamos primeiro saber algumas coisas sobre rave para antes...

Rave é um tipo de festa que acontece em sítios (longe dos centros urbanos) ou galpões, com música eletrônica. É um evento de longa duração, normalmente acima de 12 horas, onde DJs e artistas plásticos, visuais e performáticos apresentam seus trabalhos, interagindo, dessa forma, com o público. O termo "rave" foi originalmente usado por caribenhos de Londres em 1960 para denominar sua festa local. Em meados da década de 80, o termo começou a ser usado para descrever uma cultura que cresceu do movimento "acid house" de Chicago e evoluiu no Reino Unido.

Hoje em dia existe outra denominação que caracteriza Rave de pequeno porte, conhecida como PVT, ou seja, "private" (festa privada), na qual a maioria das pessoas que comparecem são convidados e convidados dos convidados, sendo realizados também em sítios, chácaras ou outros lugares ao ar livre.

Sub-Estilos da música eletrônica comumente tocados em Raves:

House

ou

House music

O elemento comum de quase toda a "house music" é uma batida 4/4 gerada numa bateria eletrônica, completada com uma sólida (muitas vezes também gerada eletronicamente) linha de baixo e, em muitos casos, acréscimos de "samplers", ou pequenas porções de voz ou de instrumentos de outras músicas. Representa, de certa forma, também uma evolução da disco music dos anos 70 Batida seca, com "viradas" de muitas batidas, vocais femininos, melodia alegre e com velocidade próximas a 120 a 135 BPM (Batidas por Minuto).

Progressive

Estilo de House que surgiu no inicio dos anos 90. Consiste numa batida 4 por 4 com um bass mais profundo, com uma atmosfera mais melancolica e emocional onde as mudanças na música ocorrem pouco a pouco ( A música vai crescendo durante a sua duração e ganhando mais energia, mais força, dai o nome progressivo).

Techno

O termo techno é freqüentemente utilizado erroneamente para descrever todas as formas de música eletrônica.

Minimal

Além de ter elementos característicos (pollux) segue também um formato estrutural com frases musicais mais longas e sem a famosa montanha russa... Altos e baixos.. brakes e chorus... É um som que quando você vê já está bombando... com layers construídos aos poucos!

Drum n´bass

Surgiu na metade dos anos 90 na Inglaterra. O gênero é caracterizado por batidas rápidas, próximas a 170 BPM.

Psy Trance

Trance psicadélico ou trance psicodélico (referido ainda como psy trance) é uma forma de música eletrônica desenvolvida no fim dos anos 1980 em Israel a partir do Goa trance ( da India , Goa). Este estilo tem uma batida rápida, entre 135 e 165 batida por minuto (bpm), além da batida forte de kick, num compasso 4x4, que algumas vezes difere da batida do techno por ter um alcance de freqüência um pouco mais alto além dos sons graves.

Full On

É a vertente mais pesada e rápida do Psy Trance. Seus baixos são corridos com muitas variações de tons, sintetizadores ao extremo e por uma grande oscilação entre momentos de euforia total e melodias bem trabalhadas, geralmente construídas entre 142 e 150 bpms. É sem dúvida um som que tem um apelo dançante. É extrovertido e convidativo à expressão corporal da dança. Seus elementos vão entrando, cada um em seu tempo, até que a música enche, e então explode.

entre outros.

>>>

Porque as pessoas são tão hipócritas? Falam que as raves são o antro das drogas, que as pessoas vão lá para se matar, como se fosse assim mesmo. E no forró, carnaval, micaretas, entre outros? Ninguém bebe? Ninguém usa droga?

A maioria das músicas populares fazem apologia a sacanagem e putaria e o povo gosta, e "ninguém" fala nada super normal!!! Que festa não tem bebida? Não tem drogas? E etc? É preconceito!!!

EM RAVES NÃO TEM DROGADOS! É COMO QUALQUER FESTA!!! FALA SERIO... SÓ PORQUE DURA HORAS NÃO QUER DIZER QUE A PESSOA QUE FREQUENTA USA DROGAS! VISTO QUE É SÓ DESCANSAR UM POUCO E VOLTAR A CURTI... UHUHU
MUitos podem ir para se drogas como em qualquer outra festa, mas muitos vão para se divertir!!! Não julgue sem antes conhecer!!!

VIVA A RAVE!!!

2 comentários:

Glaukitos disse...

primeiro: obrigado por aparecer
segundo: obrigado pelos elogios, valeu mesmo, tento melhorar sempre.
terceiro:como vc tira férias e não avisa?
auhsahushau
quarto: para colocar aquele treco de pessoas on line basta clicar nele, daí vai abrir uma página pra vc inserir o endereço do seu blog, daí é só enviar e copiar o código e vai lá em layout, inserir elemento á pagina,html.
Ok?
Abração
É nóis na net.
UUHHUU

Caio disse...

eitaaaa
so quem vai pras raves agora hein?!!
hehehe
gostei da descrição dos sub-estilos, mas eu realmente não sei diferenciar de ouvido!!!
sobre a questão da hipocricia e preconceito, vc ja falou tudo, tenho nd a acrescentar! :)
hmm, tava sumido hein?! não demore tanto a postar d novo! ;)
vlw amigo!!
abraço!